Challenger League – Playoffs

Neste sábado (28/10) houveram os confrontos pelas playoffs da ESL Challenger League S3.
O primeiro jogo foi entre ETES e-sports (2) vs (1) Unforgiven Team E-Sports. Com ex-jogadores da LDDM, a line-up da ETES abriu vantagem no primeiro mapa (Consulado) em um jogo disputadíssimo, decidido nos detalhes até o último round, terminando em 6×5.
Já no segundo mapa (Banco) a Unforgiven mostrou porque muitos declaravam o favoritismo dela, a equipe veio com sede de vitória e logo de cara abriu 3×0 contra a ETES que por vez tentou se recuperar fazendo 3×2, porém, devido a uma série de erros durante a partida a equipe não conseguiu segurar a performance e deixaram o caminho livre para a Unforgiven que souberam identificar as oportunidades e finalizar por 5×2.
O jogo seguiu para o terceiro o último mapa (Oregon) onde mesmo após a derrota a ETES soube lidar com o psicológico e corrigiu todas as falhas que haviam cometido no jogo anterior, deram a volta por cima realizando um jogo impecável e sem dar nenhuma chance para a Unforgiven mostraram a sua superioridade finalizando o jogo em 5×0.

 

Line-up ETES
Joao “Drunkkzz” Giordano (entry)
Juliano “LekZ” Andrade (entry)
Lucas “rcK” Resende (intermediário)
Geraldo “Gee” Oliveira (intermediário)
Nícolas “Bala” Fleig (support)
Allayni “Yni” Leitao (sexto player)

 

Line-up U4N (dados obtidos da ESL pois a equipe não nos retornou com as informações solicitadas)
Brayam “DocKy” Vieira
João ‘Speedy’ Pedro
Mayer “handywho” Klinger
Jhonny
Pedro
rdz
Skub1
Gui-God

 

Já o segundo jogo foi entre MyP e-Sports e a Team Innova que realizaram uma série bastante equilibrada nos dois primeiros mapas obtendo uma vitória para cada equipe (Fronteira 6×4 MyP / Oregon 6×5 Innova). Por último, o mapa que decidiu a vitória expressiva da MyP foi Arranha-céu, os jogadores tiveram total controle do mapa e deram um “stomp” na Team Innova por 5×0.
Em entrevista com Yuri “Lorenzi” Lorenzi, intermediário da Team Innova, o jogador revelou que o último mapa foi um erro de Pick Ban, tinham a escolha entre Consulado e Arranha-céu, acreditavam que teriam uma performance melhor escolhendo este mapa ao invés do Consulado. Escolha essa que custou a classificação para a final da Challenger League.

 

Line-up Innova
Yuri “Lorenzi” Lorenzi (intermediário)
Rafael “Aconite” Fayer (support)
Felipe “Abreu” Abreu (support)
Gabriel “h1ghs” Pacheco (entry)
Lucas “Zyon” Paisana (refragger)

 

Line-up MyP (dados obtidos da ESL pois a equipe não nos retornou com as informações solicitadas)
Junior “Jasons13”  Barnabe
Jônatas “Meg4” Gomes
Dyjair “Mity” Soares
“miGz”
“FearlesS”
 “GABR3S”